quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Pais e alunos da escola municipal Luiz Covolan fazem protesto

Pais e Alunos da Escola Luiz Covolan, juntamente lideranças do bairro Tijuca realizaram na manhã desta terça-feira, 10, um protesto em frente à Secretaria Municipal de Educação.

Os 350 alunos da Escola Municipal Luiz Covolan, precisaram deixar o prédio em agosto, após interdição dos bombeiros. A expectativa é que eles não voltem ao colégio no bairro Marechal Floriano no começo do próximo ano letivo. A obra de reforma do prédio, que tem um muro inclinado, ainda não começou.

Entre as reivindicações está o pedido para que as aulas sejam retomadas no bairro Tijuca, e não mais na sede improvisada junto a Faculdade dos Imigrantes (FAI), que é alvo de muitas críticas.

Os pais reclamam que na FAI tem cheiro de esgoto, tem ratos, não tem cozinha, e por isso, não podem ter merenda, com isso os estudantes comem só bolachas e sanduíches.

Depois de 5 meses de interdição as obras ainda não começaram. A secretária de Educação, Marléa Ramos Alves, diz que o atraso se dá por conta de uma modificação no projeto. A empresa, quando estava fazendo investigações sobre o solo, danificou o refeitório da escola e, com isso, o refeitório terá que ser refeito.

A indignação dos pais é pela completa falta de transparência e de diálogo com a secretária. A faixa, que encabeçava o protesto exemplifica bem a situação: "Começaremos a RELINCHAR. Pode ser que assim o prefeito no ouça".

É de causar estranheza que um prefeito do PDT, que só fala em educação, tenha uma atuação tão medíocre nessa área.

Um comentário:

  1. Agora vamos aguardar o que nosso prefeito vai fazer para sair desta situação, ele sempre deixou bem claro que a educação seria prioridade, mas educação de quem?
    Com certeza se fossemos cobrar uma área para rodeios, já teríamos sido atendidos, mas escola não é prioridade.
    A festa da uva se aproxima e se até lá nada de concreto tenha sido feito, mostraremos ao Brasil que educação em Caxias do Sul não tem prioridade conforme fomos enganados nas promessas do nosso então prefeito.

    ResponderExcluir

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com