terça-feira, 10 de dezembro de 2013

PDT decide hoje quem presidirá a Câmara de Vereadores em 2014


Falta de acordo interno no ano que o PDT irá presidir a Câmara
Se não houver contratempos a bancada do PDT decidirá hoje, 10, quem será o novo presidente da Câmara de Vereadores de Caxias do Sul. Pelo acordo feito no início da legislatura a presidência da casa seria do PMDB em 2013, depois viriam o PDT, PTB e por último o PSB.

Mas não será uma escolha tranquila. O preferido do prefeito Alceu é Gustavo Toigo que teria apoio de Jo Arse (que é suplente de Washington). Porém outro ator entrou na jogada: Jaison Barbosa. Ele é do grupo de Pedro Incerti, que derrotou Alceu na disputa interna do PDT.

Jaison e Incerti são do mesmo grupo de Edson Néspolo. O outrora todo poderoso chefe de gabinete do governo Sartori (PMDB) foi relegado a um cargo de pouca visibilidade, a presidência da Festa da Uva, onde recentemente pagou um mico (veja aqui).

A disputa entre esses dois grupos internos do PDT caxiense entra em seu terceiro ato. O primeiro foi ganho pela turma de Alceu, que garantiu maioria na montagem do governo e desprestigiou pedetistas do outro campo.

O segundo foi a derrota de Alceu nas eleições internas para presidente do PDT. Seu candidato, Agenor Basso, foi derrotado por Pedro Incerti, que recentemente fez duras críticas ao prefeito. Agora estamos no terceiro ato e o desempate ficaria por conta de Virgili da Costa que recentemente teria aberto apoio a Jaison.

A decisão do PDT poderá não ser tranquila nem dentro, nem fora do partido. Embora não seja declarado, por motivos óbvios, há um certo desconforto, dentro da bancada governista, se o nome escolhido for de Jaison Barbosa. A preferência dos governistas é por Toigo.

Mas como estamos falando do PDT tudo é possível e no final da tarde de hoje um terceiro nome pode surgir. De qualquer modo será um 2014 muito agitado no legislativo caxiense já que será o partido do prefeito que irá comandar o legislativo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com