Vereadora quer repor os fatos no episódio da derrubada do pórtico da cantina Antunes

A colocação de uma placa indicativa pela reconstrução do pórtico da cantina Antunes, destruído por um caminhão da empresa Guinchos Marini, foto ao lado, transformou a empresa de culpada por dano ao patrimônio público em benemérita (veja aqui).

Para corrigir essa distorção a vereadora Denise Pessôa (PT) fez uma indicação ao prefeito Alceu Barbosa Velho (PDT) com um novo texto, para placa, que reponha a verdade dos fatos. Na sua indicação a vereadora propõem que o novo texto seja:

"VINÍCOLA LUIZ ANTUNES, FUNDADA EM PORTO ALEGRE EM 1865.
          EM CAXIAS DO SUL, A PARTIR DE 1910, CONFIGUROU NOTÁVEL COMPLEXO EMPRESARIAL.
         MARCO DA MEMÓRIA, EM 2012 O PÓRTICO FOI DESTRUÍDO POR UM VEÍCULO DA EMPRESA GUINCHO MARINI E RECONSTRUÍDO NO ANO SEGUINTE"

Além de corrigir um erro de português na placa original, os dizeres resgatam a história, pois o pórtico foi reconstruído e não é mais o original. Cabe ao prefeito decidir se acata ou não a indicação. Mesmo que apresente um texto diferente é importante não deixar que os fatos sejam apagados da história como o pórtico quase foi.

O prefeito deve escolher se preserva a história ou se deixa a empresa fazer propaganda, demonstrando que só agiu por que a história pegou muito mal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados