quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Feldmann faz papel de palhaço no Facebook

Caxias do Sul é uma cidade perfeita, pelo menos na mente do vice prefeito Antonio Feldmann (PMDB). Tanto que ele tem tempo suficiente para escrever e comentar no facebook sobre a viagem da presidenta Dilma à Cuba.

O vice prefeito escreveu:


Primeiro demonstra o forte desconhecimento ou preconceito, ou ignorância mesmo sobre a inauguração do Porto de Mariel. O discurso reacionário fala de uso de dinheiro brasileiro, mas o BNDES financiou, ou seja o dinheiro será devolvido, US$ 682 milhões e em contrapartida o governo cubano deveria gastar US$ 802 milhões em produtos brasileiros para construir o porto (veja aqui). O negócio é tão bom para o Brasil que quem deveria reclamar era o Raul Castro.

A sequência da frase só pode ser mensurada se olharmos pela ótica da politicagem. Feldmann é candidato a deputado federal e não conta com prestígio e visibilidade suficiente para a empreitada. Então necessita de subterfúgios desesperados para conseguir "ibope".

O projeto do trem regional se arrasta desde o governo FHC. Na verdade foi o governo tucano, que Feldmann apoiava, que privatizou todo o sistema férreo que agora precisa ser recuperado. O trem regional carece de definição regional, de acordo entre as lideranças locais. Fato que não existe na Serra, vide o problema para a escolha de uma cidade para ser sede da UFRGS.

Quanto aos investimentos em Caxias, Feldmann parece esquecer da UPA que está sendo construída na Zona Norte. Da reforma quase total, com recursos federais, do Postão 24 horas, construído no governo Sartori e que tem centenas de problemas estruturais. Podemos falar das passarelas que não foram construídas, no governo Sartori, por que a prefeitura perdeu os prazos e teve que devolver os recursos. Mas tem também o financiamento para a construção do Marrecas (quase R$ 200 milhões) e agora para levar água até as pessoas mais R$ 25 milhões para as adutoras. Tem também as Estações de Tratamento de Esgoto. Não podemos esquecer o Instituto Federal do Rio Grande de Sul, com cursos de nível médio e superior, há dois anos em funcionamento. Na educação infantil tem as únicas quatro escolas de educação infantil construídas em Caxias foram com recurso federal. Na área que Feldmann era secretário, a cultura, a prefeitura quase teve que devolver a área da estação férrea por não apresentar nenhum plano de conservação do local.

Por isso e mais várias outras coisas é que o vice-prefeito, ao invés de governar a cidade, prefere ficar fazendo palhaçada no facebook.

5 comentários:

  1. Trouxa é que acha que esse dinheiro vai ser devolvido. O Brasil está financiando a ditadura cubana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Países onde os Estados Unidos apoiaram golpes de estado, patrocinaram guerras, apoiaram ditaduras e desestabilizaram regimes democráticos. Falar de ditadura de Cuba é tão arcaico quanto dizer que o Nixon era um cara legal.

      Síria - 1949
      Irã - 1953
      Tibete - Década de 1950
      Guatemala - 1954
      Indonésia - 1958
      República Democrática do Congo - 1960
      República Dominicana - 1961
      Iraque - 1963
      Vietnã do Sul - 1963
      Brasil - 1964
      República do Gana - 1966
      Iraque - 1968
      Chile - 1973
      Afeganistão - 1973-1974
      Iraque - 1973-1975
      Argentina - 1976
      Afeganistão - 1978-Década de 1980
      Turquia - 1980
      Irã - 1980
      Nicarágua - 1981-1990
      El Salvador - 1980-1992
      Camboja - 1980-1995
      Angola - Década de 1980
      Filipinas - 1986
      Iraque - 1992-1995
      Guatemala - 1993
      Sérvia - 2000
      Venezuela - 2002
      Haiti - 2004

      Excluir
  2. 1. Tapa na cara levam os cidadãos caxienses que tem que pagar o salário dos CCs, que nem sequer comparecem ao trabalho.
    2. Tapa na cara levaram os professores municipais, que ganharão 30% sobre as horas extras, enquanto que os demais servidores recebem 50%.
    Em se tratando de tapa na cara essa administração está se superando, pois cada dia tem alguém para atingir.

    ResponderExcluir
  3. Acho que professora não deveria mais ter 60 dias de férias, 30 dias como todo mundo.

    ResponderExcluir
  4. Também, acho que não deveriam se aposentar com 5 anos a menos que os outros funcionários.

    ResponderExcluir

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com