sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

12 perguntas sem resposta sobre o Marrecas

Inaugurada há mais de 400 dias, e ainda sem funcionar, o Sistema Marrecas, está cheio de falhas. A barragem está vazando. A casa de bombas não funciona e a água não chegará a população sem que seja feito um grande investimento. Segunda-feira o diretor presidente do Samae, Eloi Frizzo (PSB) irá a Comissão de Desenvolvimento Urbano, Transporte e Habitação, onde o vereador Mauro Pereira (PMDB) - que é mais governista que o governo - a preside. É a segunda vez que Frizzo vai dar explicações sobre o mesmo assunto, na mesma comissão (veja aqui). Todas as explicações dadas a quase um ano atrás ainda pairam.O Polenta News preparou uma lista de 12 questões que ainda não foram respondidas sobre o Marrecas. Quem sabe segunda-feira alguma delas será respondida.

1 - Quanto realmente custou o obra? A primeira versão fala em R$ 250 milhões, mas ainda foi preciso construir casa de bombas e adutoras. E tem também os custos com o fechamento dos buracos que estão vazando. No final, por quanto vai sair isso tudo?

2 - Quando o sistema vai entrar em operação? Hoje completam 412 dias da inauguração e até agora a casa de bombas que levaria a água para tratamento não está completa e testada. Quando vai demorar ainda?

3 - Quando a barragem funcionará em plena capacidade? Se começasse a operar hoje só 1/5 da capacidade de escoamento e tratamento de água seriam aproveitados nos bairros que receberão a água. Para os demais ainda é necessário fazer adutoras.

4 - Qual o valor que ainda falta para acabar a obra?

5 - Qual a real gravidade dos vazamentos e infiltrações da barragem?

6 - A represa precisará ser esvaziada para os consertos?

7 - A elevação da altura da barragem, depois do projeto concluído, não pode ter sido o motivo para que os vazamentos acontecessem?

8 - Por que se optou por uma barragem de concreto e não de pedra como o Faxinal?

9 - Qual o motivo para a escolha desse local para a construção da barragem se haviam opções com menos impacto ambiental na mesma região?

10 - Alguém foi responsabilizado pelo apodrecimento e furto de maior parte das toras de araucárias cortadas?

11 - Por que os funcionários da prefeitura e do Samae realizaram, e ainda realizam, serviços na obra se há empresas sendo pagas para tal?

12 - A obra foi feita às pressas para coincidir com as eleições municipais?

2 comentários:

  1. ConCertos na barragem.
    Será ao ar livre?Quanto custa o ingresso?
    k k

    By troll_trollado

    ResponderExcluir
  2. Porque
    É conjunção causal ou explicativa, com valor aproximado de “pois”, “uma vez que”, “para que”.

    Pelo amor de Deus, sempre que essa palavra vem no início de um pergunta é separado e sem acento.

    By troll_trollado

    ResponderExcluir

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com