quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Professores municipais realizarão ato no desfile da Festa da Uva

Professores protestaram durante uma das sessões da Câmara,
agora farão ato durante o desfile da Festa da Uva
O ato, que deve ser silencioso é uma iniciativa dos professores da rede municipal e pede a revogação da Lei 450/2013, de autoria do prefeito Alceu Barbosa Velho (PDT), que alterou a remuneração das horas extras deste grupo profissional. A concentração para a manifestação será em frente ao sindicato dos servidores municipais para posterior deslocamento até o local do desfile.

A mobilização foi proposta durante uma reunião com os delegados sindicais na última segunda feira. Os manifestantes tentarão entregar um documento, ao Ministro da Educação, durante a inauguração do IFRS, no bairro Fátima.

O projeto de lei que gera perdas salariais de mais de 30%, dependendo do caso, foi aprovado na véspera do feriadão de 15 de novembro, do ano passado. O prefeito afirma que o sindicato havia concordado com a proposta na discussão do dissídio. O SindiServ, por sua vez, nega veementemente. No dia da votação havia apenas dois integrantes do sindicato presentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com