segunda-feira, 14 de abril de 2014

Secretária da Saúde faz diagnóstico da saúde no município e descobre o óbvio

Após um ano e quatro meses à frente da pasta da Saúde, a Secretária Dilma Tessari fez um diagnóstico da situação dos atendimentos de saúde na cidade e descobriu algo inacreditável: a demanda aumentou, porém não houve aumento na prestação dos serviços. Faltam leitos, faltam médicos...

Aquilo que os usuários do SUS percebem há muito tempo: as filas e o tempo de espera para atendimento aumentam dia a dia. O Postão virou hospital, onde as pessoas aguardam dias a fio à espera de um leito em um hospital de verdade. No Postão não há médicos suficientes para atendimentos emergenciais e simples consultas.

Aliás, recentemente a Secretária quase foi linchada quando tentou acalmar as dezenas de pessoas que aguardavam no saguão do P.A. Ela orientou as pessoas a irem embora e buscarem os postinhos de saúde de seus bairros. O detalhe é que as UBS's (Unidades Básicas de Saúde) continuam amargando sem médicos, o que obriga os usuários a se dirigirem ao Postão.

A Secretária sempre soube da situação da saúde em Caxias. Desde que foi nomeado no cargo. Em mais de um ano com a caneta na mão, já poderia ter tomado atitudes mais sérias e eficientes para atenuar o sofrimento da população que depende do SUS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com