quarta-feira, 28 de maio de 2014

Câmeras de Segurança?

Nos últimos anos, diversos crimes graves aconteceram na área central de Caxias do Sul. Espancamentos, assassinatos e o trivial: roubos e furtos. Muitos deles foram flagrados pelas câmeras de segurança. Porém, de que adianta o flagra das câmeras se serve apenas para depois tentar identificar o criminoso? Não se tem notícias de alguém que tenha sido preso imediatamente após um crime graças ao monitoramento de segurança.

Nesta semana, a Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Vereadores constatou elementos que justificam a falta de sucesso no monitoramento da área central em Caxias: um terço dos equipamentos estão danificados. Quem realiza o videomonitoraramento na cidade é a Polícia Militar, mas a responsabilidade pela manutenção das câmeras é da Secretaria Municipal de Segurança Pública. São 51 equipamentos, dos quais 18 não funcionam.

Se não bastasse a falta de eficiência em consertar rapidamente os equipamentos, a falta de visibilidade decorrente do crescimento de galhos de árvores dificulta ainda mais o trabalho dos policiais. Bastaria uma simples negociação com a Secretaria do Meio Ambiente para o problema ser resolvido. Mais uma vez a falta de planejamento e de atitude respingam na população. Dessa vez, na segurança, assunto que anda em alta e está na boca do povo (e dos políticos).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com