segunda-feira, 12 de maio de 2014

Relógios-ponto pegando pó na Secretaria da Saúde

A Secretária da Saúde faz vistas grossas para a cultura sem-vergonha dos médicos que não cumprem sua carga horária. Infelizmente, retomamos o mesmo blá-blá-blá, acrescido de sempre acrescido de mais alguns elementos sórdidos.

A Prefeitura adquiriu há cerca de dois anos, mais de 90 relógios-ponto digitais para controlar com maior precisão os horários dos servidores. Mais de 50 relógios funcionam hoje em praticamente todas as secretarias da Prefeitura. Cerca de 40 relógios foram instalados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS's) e no Centro Especializado de Saúde (CES). Porém, até o momento, os equipamentos servem apenas para juntar pó. Nenhum está em pleno funcionamento...

Nos bastidores comenta-se que a Secretária da Saúde, Dilma Tessari e a Secretária de Recursos Humanos, Jaqueline Bernardi, tiveram uma briga feia devido ao não registro de ponto dos médicos. Mais uma vez, quem ganhou a quebra de braço foram os médicos. Quem sai perdendo? Todos já sabem...

Enquanto isso, a Secretaria da Saúde faz processos seletivos fracassados para contratação de médicos que sequer se inscrevem para o trabalho. E a Prefeitura de Caxias tem a coragem de pedir ao governo federal apenas 6 médicos do programa Mais Médicos, enquanto municípios como Novo Hamburgo possuem dezenas de profissionais atendendo muito bem a população.

Resultado? Um desastre total: filas imensas de espera para marcar consultas e um déficit cada vez mais gigantesco de médicos na cidade. Tudo por pura incompetência!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com