sábado, 21 de junho de 2014

A maior "barrigada" da história do jornalismo

Conti, a direita, entrevistou sósia de Felipão achando que era
o original
Barrigada, no jargão do jornalismo, é uma matéria falsa ou errada, publicada com grande estardalhaço. Foi exatamente isso que o jornalista Mário Sérgio Conti fez na última quarta feira.

Ele estava em um voo quando ele encontra, ora vejam só, o Felipão. E mais, acompanhado do Neymar. O jornalista que escreve para o Globo, Folha de São Paulo e tem um programa na Globo News, não teve dúvida e foi entrevistar o técnico da seleção. Não passou pela sua cabeça que a presença de Felipão, naquele voo, era incongruente, já que a seleção tinha jogado em Fortaleza.

Acontece que não era o Felipão. Era um sósia. Wladimir Palomo faz o personagem Felipão em eventos. Neymar, que o acompanhava, também era um ator.

Em um determinado momento o "Felipão" afirmou: "Se tivéssemos três como ele, a Copa seria uma tranquilidade". A frase virou manchete no UOL, Folha de São Paulo e Globo. Ao final da entrevista Conti perguntou se Felipão [o sósia] poderia participar de seu programa na Globo News. Ele respondeu que estava com a agenda muito cheia, por conta da Copa e sugeriu que ele entrevistasse seu "sósia" e entregou um cartão escrito: “Vladimir Palomo – Sósia de Felipão – Eventos”.

Wladimir conta que nunca imaginou que o jornalista havia realmente acreditado que ele era o verdadeira Luis Felipe Scolari. O erro foi logo percebido pelos veículos e a matéria retirada do ar e substituída por um "Erramos" e Conti se desculpou com os leitores.

Mário Sérgio Conti é autor do livro Notícias do Planalto que fala sobre a relação da imprensa durante o Governo Collor. Também foi diretor da Veja. A matéria, que virou piada internacional, entra para a história do jornalismo como uma das maiores gafes.

2 comentários:

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com