segunda-feira, 25 de agosto de 2014

O terceiro choque de Lasier

Lasier Martins, candidato ao Senado pelo PDT, levou o terceiro choque de sua vida na noite de domingo. O primeiro, mais famoso foi durante a Festa da Uva, ao vivo, quando mostrava uma exposição de uvas. Os outros dois foram na sua curta vida política.

Lasier achava que a eleição para o Senado já estava decidida e ele seria eleito. Não contava, porém, com as casualidades da vida e da política. O segundo choque de Lasier foi quando a Frente Popular troca a candidata Emilia Fernandes (PCdoB) por Olívio Dutra (PT) na disputa pelo Senado. Lasier que tinha muita vantagem sobre os concorrentes vê, na última pesquisa, um empate com o ex governador petista.

Mas a vida, que já estava difícil, ia piorar ainda mais para Lasier. Na noite de domingo, Pedro Simon (PMDB) resolveu assumir a vaga deixada por Beto Albuquerque (PSB) na disputa pelo Senado. Beto é o novo vice de Marina Silva.

Simon relutou muito em aceitar concorrer mas acabou aceitando para tentar resolver, em parte, a lambança que ele mesmo criou. Simon havia declarado que não concorreria mais. Ao invés passar a tarefa para uma liderança de prestígio, dentro do PMDB, como Rigotto ou Fogaça, Simon resolveu "fritar" os dois por classifica-los como aliados da presidenta Dilma. Simon que levou o PMDB ao barca furado da campanha de Eduardo Campos (por que a maioria do PMDB está fazendo campanha ou para Aécio ou para Dilma), preferiu indicar Beto Albuquerque para a disputa.

Agora Simon volta. Volta para, provavelmente, não ganhar a eleição. Na última pesquisa em que ele aparecia, e sem Olívio, Simon tinha 18% das intenções de voto e Lasier 35%. A entrada de Simon pode fazer Lasier cair mais pontos na intenção de votos e com isso garantir a vitória de Olívio? Só o tempo dirá.

Um comentário:

  1. Nesta eleição temos a oportunidade de eleger para Senador, Olívio Dutra, por muitas razões, mas em especial por ter a cara do Rio Grande do Sul e pela sua honradez intelectual e política. Neli Colombo

    ResponderExcluir

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com