sábado, 16 de agosto de 2014

Pasadena dá lucro e poem em cheque relatório do TCU

A refinaria Pesadena, do Texas, registrou um lucro de US$ 130 milhões no 1° semestre. O bom desempenho é visto por ex-dirigentes da Petrobras como prova favorável contra uma decisão do Tribunal de Contas da União.

Baseado em relatório do ministro José Jorge, o órgão responsabilizou os executivos que estavam no cargo em 2006, durante a compra da refinaria americana pela estatal, por um prejuízo calculado em US$ 792,3 milhões.

O relator já foi presidente da Petrobras. Durante o governo FHC, foi na sua gestão que a plataforma P36 afundou. Na época ele era do PFL, atual DEM.

Os ex-diretores querem usar o argumento de que o negócio não foi ruim e que os prejuízos decorrem do não cumprimento da arbitragem da Corte Americana, que repercutiu no pagamento de multas em uma segunda fase do processo de aquisição.

Ao que parece todo o circo midiático criado em torno da aquisição da refinaria não passou de mera politicagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com