terça-feira, 26 de agosto de 2014

Pesquisa Ibope mostra Dilma e Marina muito distantes de Aécio

A pesquisa Ibope, divulgada agora a pouco (26), mostra um cenário mais acirrado na disputa presidencial. Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB) lideram o levantamento com uma diferença de 5 pontos percentuais entre elas. Dilma teria 34% das intenções de votos e Marina teria 29%. Atrás, bem atrás, aparece Aécio Neves com 19% das intenções de votos. Muito mais atrás com 1% cada aparecem Luciana Genro (PSOL) e Pastor Everaldo (PSC). Outros seis candidatos: José Maria (PSTU), Eduardo Jorge (PV), Rui Pimenta (PCO), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB) soman, juntos, menos de 1% das intenções de votos.

Em comparação com a pesquisa anterior, do Data Folha, pouca coisa mudou para Dilma e Aécio, por incrível que isso possa parecer a primeira vista. Dilma e Aécio variaram dentro da margem de erro 2% e 1%, respectivamente. Quem mais perdeu foi Pastor Everaldo que estava com 4% e agora está com 1%.

Dilma também lidera na espontânea com 27%, seguida de Marina com 18% e Aécio com 12%. Os dados da espontânea podem mostrar o percentual de votos consolidados por cada um dos candidatos.

É com os dados de um possível  segundo turno que vai deixar felizes os aliados da ex-senadora. Nessa simulação Marina teria 45% e Dilma 36%. 

A subida meteórica de Marina deu-se pela diminuição drástica dos votos indecisos e até de um pouco dos brancos e nulos. Esse votos, obviamente são bastante voláteis e o desafio de Marina é consolidá-los. 

A pesquisa também avaliou o desempenho do governo Dilma. Pelo terceiro levantamento seguido o índice de bom e ótimo vem crescendo. Hoje a presidenta é bem avaliada por 36% dos eleitores. Os que acham regular são 34% e os que acham ruim ou péssimo (que também vem caindo) são 27%

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com