terça-feira, 9 de setembro de 2014

Dilma vence no RS e disputa para governador será decidida no segundo turno

Fonte: Sul 21


Se as eleições fossem realizadas hoje, os gaúchos estariam divididos, no primeiro turno, entre o petista Tarso Genro e a progressista Ana Amélia, para o governo do RS, levando a decisão para o segundo turno. Na disputa ao Senado, os candidatos do PDT e do PT estão tecnicamente empatados. E para a presidência da República, os gaúchos elegem Dilma Rousseff.
Na pesquisa espontânea, em que o entrevistador não exibe o nome dos candidatos, 18% dos eleitores responderam que votam em Ana Amélia, do PP. Em Tarso Genro, candidato à reeleição pelo PT, o índice é de 13%. José Ivo Sartori aparece com 7% da preferência de voto. Vieira da Cunha (PDT) e João Carlos Rodrigues (PMN) recebem 1% dos votos. Os demais nomes citados somam 1%. Do total de entrevistados, 6% disseram votar branco ou nulo e 53% ou não responderam a pergunta ou afirmaram que ainda não sabem em quem votar.
 | Imagem: Divulgação
| Imagem: Divulgação
Na pesquisa estimulada, aquela em que é mostrado o nome dos candidatos ao entrevistado, para o governo do Estado, 36% dos eleitores declararam seu voto para Ana Amélia Lemos (PP). Tarso Genro (PT) recebeu 26% das intenções de voto. O peemedebista José Ivo Sartori ficou com 12% e o pedetista Vieira da Cunha, com 3%. Os demais candidatos –Estivalete (PRTB), Humberto Carvalho (PCB), João Carlos Rodrigues (PMN) e Roberto Robaina (PSOL) – somam 2% dos votos. Os que declararam votar nulo ou em branco são 6%. E os que não sabem em quem votar ou não responderam à pergunta, 16%.
A rejeição dos eleitores aos candidatos também foi medida na pesquisa. O governador Tarso Genro apresenta o maior índice (25%), sendo seguido por Ana Amélia (8%), Estivalete (5%) e Vieira da Cunha (4%). Roberto Robaina e José Ivo Sartori têm, cada um, 3% de rejeição. Humberto Carvalho e João Carlos Rodrigues apresentam, cada um, 2%. Entre os entrevistados, 4% responderam que não votariam em nenhum dos candidatos e 20% que votariam em qualquer um deles. O índice dos que não sabem ou não responderam é de 23%.
Tarso e Ana Amélia se distanciam de José Ivo Sartori | Fotos: Divulgação
Tarso e Ana Amélia se distanciam de José Ivo Sartori | Fotos: Divulgação
A pesquisa realizada pela Vox Populi para o Sul21, na sexta-feira (5) e no sábado (6), no Rio Grande do Sul, ouviu 800 eleitores, em entrevistas pessoais e domiciliares. A margem de erro é 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%. Na Justiça Eleitoral, a pesquisa foi protocolada sob o número BR – 00557/2014 e sob o número RS – 00013/2014, na quarta-feira (3).
Segundo turno para o governo do Estado
Para as eleições em segundo turno, no Estado, a Vox Populi previu como cenário a disputa entre a candidata da coligação Esperança que Une o Rio Grande (PP/PRB/PSDB/SD) e o candidato da Unidade Popular pelo Rio Grande (PT/PTC/PC do B/PROS/PPL/PTB/PR). Se o pleito fosse realizado hoje, Ana Amélia venceria Tarso por 48% a 33%. Os eleitores que declararam voto nulo ou branco somam 8%. Não sabem ou não responderam, 12%.
 | Imagem: Divulgação
| Imagem: Divulgação
Votos para o Senado
Considerando a margem de erro, de 3,5 pontos percentuais, a disputa entre os candidatos do PDT, Lasier Martins, e do PT, Olívio Dutra, está tecnicamente empatada. O terceiro colocado é Pedro Simon (PMDB) que assumiu a candidatura à reeleição há poucos dias, após o anúncio de que o socialista Beto Albuquerque não concorreria mais ao Senado, mas à vice-presidência, na chapa de Marina Silva (PSB).
Lasier, Olívio e Pedro Simon: o pedetista e o petista estão empatados | Fotos: Divulgação
Lasier, Olívio e Pedro Simon: o pedetista e o petista estão empatados | Fotos: Divulgação
Na intenção espontânea de voto, Lasier tem 16% do eleitorado e Olívio, 15%. Simon aparece com 7%. Simone Leite (PP) tem 3%. Os demais nomes citados representam 1% das intenções de voto. O maior índice (52%) é dos que não responderam ou ainda não sabem em que votar. Votos nulos e brancos somam 6%.
O quadro não muda na intenção estimulada de voto. Pedetista e petista continuam empatados. Ao verem o nome dos candidatos, 28% dos eleitores responderam que votam em Lasier Martins e 27% em Olívio Dutra. O peemedebista Pedro Simon conta com a preferência de 14% do eleitorado. Simone Leite (PP), com 4%. Ciro Machado (PMN) e Júlio Flores (PSTU) têm 1%, cada um. Goldenberg do PRP não pontuou. Os eleitores que responderam votar nulo ou branco representam 7% do eleitorado. E os que não responderam ou não sabem em quem votar, 17%.
 | Imagem: Divulgação
| Imagem: Divulgação
No levantamento foi medido ainda o índice de rejeição dos candidatos ao Senado. Olívio Dutra aparece com 18%, Pedro Simon com 9%, Júlio Flores e Lasier Martins com 5% cada um. A seguir estão Goldenberg (4%), Simone Leite (3%) e Ciro Machado (2%). Os que não votariam em nenhum dos candidatos são 6% do eleitorado e os que votariam em qualquer um deles, 20%. Não sabem ou não responderam somam 29%.
Dilma vence no Rio Grande do Sul
Levantamento feito pela Vox Populi mostra que em qualquer cenário, a presidenta Dilma Rousseff ganharia as eleições no Rio Grande do Sul, se as eleições fossem hoje. No primeiro turno, na pesquisa espontânea, 33% declararam voto na candidata petista. Em segundo lugar, aparece a candidata do PSB tecnicamente empatada com o do PSDB. Marina Silva tem 18% dos votos e Aécio Neves, 16%. Luciana Genro (PSOL) tem 1%. Os demais nomes citados somam 1%. Votos nulos e brancos, 5%. Não responderam ou não sabem em quem votar, 27%.
 | Imagem: Divulgação
| Imagem: Divulgação
Na intenção de voto estimulada, Dilma continua na frente, seguida por Marina e Aécio, empatados, dentro da margem de erro de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos. Responderam que votam na presidenta, 38% dos entrevistados. Em Marina, 24% e em Aécio, 20%. Luciana Genro (PSOL) e Pastor Everaldo (PSC) têm, cada um, 1% dos votos. Os demais candidatos – Eduardo Jorge (PV), Levy Fidélix (PRTB), Zé Maria (PSTU), Rui Costa Pimenta (PCO), Mauro Iasi (PCB) e Eymael (PSDC) – somam 1%. Responderam que votam nulo ou em branco, 5% dos entrevistados. Não responderam ou não sabem em quem votar, 10%.
Candidata à reeleição, a presidenta Dilma é que apresenta maior índice de rejeição (25%). Logo depois vêm Marina Silva (14%), Aécio Neves (9%) e Pastor Everaldo (6%). Luciana Genro, Eduardo Jorge e Zé Maria têm, cada um, 2% de rejeição. Eymael, Rui Costa Pimenta, Mauro Iasi e Levy Fidélix apresentam, cada um, o índice de 1% de rejeição. Os que não votariam em nenhum dos candidatos são 4%. E os que votariam em qualquer um deles, 14%. Não sabem ou não responderam somam 20%.
Segundo turno para presidente
A Vox Populi trabalhou com dois cenários possíveis no segundo turno. No primeiro, a disputa seria entre a petista Dilma Rousseff e o tucano Aécio Neves. No segundo, as candidatas seriam Dilma e a socialista Marina Silva. Nos dois casos, a presidenta vence no Rio Grande do Sul.
 | Imagem: Divulgação
| Imagem: Divulgação
A diferença de Dilma para Aécio é de 8 pontos percentuais. Ela tem 45% da preferência dos eleitores e o tucano, 37%. Neste cenário, os votos nulos e brancos representam 8%. Não responderam ou não sabem em quem votar, 10%.
Na disputa com Marina, Dilma vence por cinco pontos percentuais: 43% a 38%. Votos nulos e brancos, 8%. Não responderam ou não sabem em quem votar, 11%.
 | Imagem: Divulgação
| Imagem: Divulgação
*Com informações da Vox Populi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com