quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Chapa vai esquentar pro vice de Sartori, MP quer saber sobre contratações de Cairoli

O Ministério Público do Trabalho informou nesta quarta-feira (22) que recebeu denúncia contra o candidato a vice-governador José Paulo Cairoli. A decisão é baseada em um vídeo publicado no YouTube em 2010, no qual o empresário afirma que não cumpre leis trabalhistas em sua fazenda. “Lá dentro da minha fazenda, isso a gente faz há horas. Só que não tem lei trabalhista, não tem nada. Tu remuneras, e pronto. E sem contrato. É no fio do bigode. Se tu produzir tanto, vai ganhar tanto por cento. É assim que funciona”, diz ele na gravação. Em resposta a usuário do Twitter na terça-feira (21), o MPT já adiantava a medida que confirmou hoje.

Além do método de contratação em sua fazenda, Cairoli já deu declarações polêmicas também sobre o salário mínimo regional. Embora agora se diga alinhado a Sartori e não entre a fundo na questão, em inúmeras entrevistas concedidas enquanto presidia a Federaul ele se mostrou contrário ao piso regional, superior ao salário mínimo nacional. Nas declarações, ele se refere ao ganho salarial como “custo adicional às empresas” e defende que levaria à “manutenção de taxas de desemprego elevadas”. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com