Faltou republicanismo para Sartori

Falta de senso republicano ou simplesmente revanchismo mesquinho. Não sabemos ainda qual dos dois, talvez o leitor possa auxiliar na resposta. A questão é que a posse do novo governador do estado, José Ivo Sartori (PMDB) irá começar às 15 horas do dia 1º de Janeiro de 2015.

O atual governador, Tarso Genro (PT), tinha intenção comparecer a posse da presidenta reeleita, Dilma Rousseff (PT), por isso havia solicitado que a posse fosse de manhã, como ocorreu quando da transmissão de cargo da Yeda para ele.

A justificativa de Sartori para que a posse fosse de tarde não apresenta nenhuma relevância. Sartori e seus convidados querem passar o Revellion com a família. Festa, que pelo jeito irá até muito tarde e não será em Porto Alegre.

Essa é uma atitude lamentável do futuro governador que mais uma vez demonstra que o discurso de campanha de que não atacava ninguém, nem mentia, nem brigava era apenas balela.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados