quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Tiro saiu pela culatra: Dilma tem contas de campanha aprovadas e Alckmin rejeitada


No mesmo dia dois opostos trocaram de lado. A esperança da oposição tucana que as contas da campanha da presidenta reeleita, Dilma Rousseff (PT) fossem rejeitadas naufragou (não em Cantareira porque não tem nível de água para tanto). No mesmo dia, mais cedo, os tucanos amargaram uma derrota enorme. As contas do tucano Geraldo Alckmin (PSDB) foram rejeitadas.

No caso da presidenta, o ministro Gilmar Mendes, utilizou de cuidado excessivo. As contas foram examinadas por técnicos do Banco Central, Tribunal de Contas da União, Ministério Público Federal e do próprio TSE. Tamanho cuidado não estão passando os documentos de Aécio Neves (PSDB) e Marina Silva (PSB). Depois de observadas ao microscópio só encontraram pequenas discrepâncias o que resultou numa aprovação, com ressalvas, das contas de campanha da presidenta com 7 votos favoráveis e nenhum contrário.

As principais críticas às contas da campanha de Dilma haviam sido formuladas pela assessoria técnica do próprio TSE, e também por auxiliares do PSDB. Mas não foram confirmadas pelo trabalho de especialistas do Banco Central, da Receita e do TCU que também foram convocados a examinar a documentação. O Conselho Federal de Contabilidade, que designou um de seus membros para fazer o mesmo trabalho, chegou a mesma conclusão. Idem para uma auditoria que o próprio PT mandou fazer na Alemanha.

A reprovação das contas da presidenta Dilma era a tábua de salvação para a instalação de um "golpe institucional" como aconteceu no Paraguai ou em Honduras. A pressão para achar inconsistências foi tanta que os técnicos do TSE acabaram errando, diversas vezes, até nas somas que apresentaram no relatório. O próprio sistema do TSE duplicou registros computados.

A aprovação das contas de Dilma, justamente por Gilmar Mendes. Ele assumiu o centro do julgamento. Como vice-presidente do TSE, sentou-se na cadeira de presidente. Como relator, definiu o debate. O placar mudou depois que ele declarou que aprovava as contas de Dilma — com ressalvas. Se havia outros ministros que poderiam acompanhar um voto contrário ao PT, mudaram de ideia. Quem tinha argumentos prontos para rebater Gilmar, caso ele se voltasse contra Dilma, foi obrigado a colocar a arma na bainha.

Ainda haverá o julgamento da prestação de contas de Aécio, que também terá muita coisa para explicar e, a mais esperada, a de Marina Silva. Não pela candidata em sí, mas para descobrirmos de onde surgiu e quem pagou o jatinho que caiu e acabou vitimando o candidato a presidente Eduardo Campos.

Os tucanos

Com a esperança de golpe institucional naufragada, o comando tucano tem que enfrentar problemas internos. Por cinco votos a um, as contas de campanha do governador reeleito Geraldo Alckmin (PSDB). Na avaliação do Tribunal, houve falhas nas prestações parciais de contas do tucano. Segundo o TRE, deixaram de ser computados cerca de R$ 900 mil na primeira prestação parcial. Na segunda, faltaram R$ 9 milhões.

2 comentários:

  1. porque vocês não comentam sobre a petrobras,aumento da energia eletrica que esta por vir, fernando pimentel que tomou 50 milhões de multa do tre mineiro por não apresentar a prestação de contas correta,porque vocês não se apresentam como petista que são,o mal feito é sempre dos outros e não do pt,por falar em pt antes de vocês dizerem que sou tucano posso passar o nº do meu titulo de eleitor para vocês sabem qual é meu partido alis pedem pro guiovane maria que ele sabe.

    ResponderExcluir
  2. Nós comentamos sobre todos esses assuntos, pode ser que não seja o que você gostaria de ler. Ao que parece sua fonte de informação é a mídia comercial. Somos diferentes. Se fosse para repetir o que a Zero Hora e a Folha escrevem não necessitaria existirmos. Nós publicamos o que eles não mostram. Nós publicamos o que eles omitem da sociedade. Não temos a mínima ideia do que faríamos com o seu título de eleitor, a não que quiséssemos fazer algum procedimento que pode não ser tão legal assim. Também não temos nenhuma razão de falar com seu amigo Guiovane Maria. Se você acha que seus argumentos parecem tucanos, você talvez tenha que rever, ou melhorar, seus argumentos.

    ResponderExcluir

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com