terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Vereador Washington é pego na mentira, mais uma vez

Mais uma vez o vereador Washington Cerqueira (PDT) se envolve em uma polêmica mal explicada. Desta vez o vereador justificou a sua ausência em duas sessões da Câmara de Vereadores na semana passada sem apresentar justificativa oficial. A situação até não seria tão problemática se não houvessem dois fatores. O primeiro foi a pauta de votações que foi extensa. Na quarta-feira, estava na pauta do legislativo caxiense a discussão e votação de projetos importantes na área habitacional, entre eles, o polêmico projeto do Samuara. Na quinta-feira, os assuntos giraram em torno da formação das comissões de trabalho do legislativo e a eleição da presidência da casa, que elegeu Flávio Cassina (PTB) como presidente.

A segunda era, fora do ambiente legislativo, a participação de um evento beneficiente em prol da APAE Caxias. O jogo amigos do Washigton/Tite contra amigos do Gilmar Dal Pozzo/Cassio (goleiro do Corinthians) reuniu diversos jogadores e ex-atletas com o intuito de ajudar a APAE Caxias. Essa atividade que aconteceu no sábado Washigton também não participou.

Sobre as sessões ele até teria os dias ausentes descontados. Acontece que ele, ao ser contatado pela reportagem da Rádio São Francisco que a sua ausência nas sessões foi por causa de problemas médicos, ou seja, dores da coluna, e que aguardava alguns exames para apresentar, junto com um atestado, à mesa diretora da Câmara. Segundo Washigton, as dores da coluna já haviam lhe incomodado na sessão de terça-feira, e foram o motivo da sua ausência na quarta e na quinta-feira segundo o seu relato.

Acontece que isso não era verdade. O vereador estava, na Bahia, participando de outro evento, provavelmente recebendo cache. O Sports Weekend (veja a página do evento) reuniu ex- jogadores, como Juninho Paulista, Fábio Baiano, Beletti e atletas de outras modalidades esportivas, como Giba do vôlei, além de artistas e outros convidados. A inscrição mais barata no evento era de R$ 1.200,00. A recepção do hotel Club Med Trancoso, sede do evento, confirmou para a repórter Noele Scur, da Rádio São Francisco, que o vereador estava no local com a família desde a última quinta-feira, participando de atividades do Sports Weekend junto com outros convidados.

Como se vê pela foto na abertura dessa matéria o vereador, aparentemente, não sofria nenhum problema de saúde, nem estava aguardando por exames como foi a sua justificativa "oficial".

Essa é apenas mais uma da lista das situações mal explicadas que o vereador se envolveu em 2 anos de mandato. Em fevereiro de 2013, exercendo o cargo de Secretário Municipal de Esportes, ele faltou ao trabalho para participar do camarote da Globo, durante o jogo Grêmio e Fluminense válido pela Copa Libertadores da América, no Rio de Janeiro (veja aqui).

Em junho do mesmo ano ele participou de um jantar com o vice-prefeito Antonio Feldmann (PMDB) e empresários do ramo de bares e restaurantes que pediam uma redução das blitze de trânsito para fiscalizar motoristas que dirigem depois de beber (veja aqui).

Em fevereiro desse ano ele foi parado por um blitz da polícia, primeiro ele tentou um carteiraço, como não deu certo se negou a fazer o bafômetro e foi multado. Primeiramente ele negou que tivesse saído de casa. Quando várias testemunhas contrariaram a sua versão ele foi obrigado a admitir que mentiu (veja aqui).

Até quando a Câmara vai silenciar frente a um vereador que está mais preocupado em cuidar de seus assuntos particulares do que das tarefas para qual foi eleito?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com