MAESA: Asfalta ou não asfalta?

Com a mesma velocidade com que anunciou a troca de endereço da Feira do Livro, o Prefeito Alceu Barbosa Velho(PDT) anunciou a mudança de endereço do desfile de Carnaval.

Enquanto os livreiros abriram a boca, até o momento os carnavalescos ainda não se manifestaram. A não ser pelas declarações de Elvino Santos, presidente da Associação das Entidades Recreativas, Esportivas, Culturais e Carnavalescas e CC do governo municipal.
Assim, na mesma data em que se informou à comunidade caxiense sobre a troca do local do desfile, também se anunciou o asfaltamento da Rua Plácido de Castro, ao lado da Maesa. Tudo em prol do Carnaval de rua. Será?

Em um momento em que os olhares caxienses estão voltados ao complexo histórico e gigantesco, sedentos por um espaço cultural, gratuito e novo, recebem a notícia de que a paisagem vai mudar.
Afinal, o Complexo da Maesa tem seu charme por ser antigo, parecer antigo. Por ser histórico. E de repente, apenas com a desculpa de que ali serão realizados os desfiles de Carnaval, a Prefeitura decide mudar o entorno do patrimônio histórico.

Acertada a ideia de Ricardo Fabris de Abreu que ajuizou Ação Popular contra a pavimentação asfáltica em torno da Maesa. Além de mudar completamente a imagem do local, o asfaltamento de uma rua larga como a Plácido de Castro, contribuirá com a impermeabilização da cidade, o que a longo prazo gera alagamentos e prejuízos ambientais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados