Polentinha: Alceu acredita que foi eleito para ser rei

Durante a assinatura da ordem de início da sexta etapa de obras do Sistema Integrado de Mobilidade o prefeito Alceu Barbosa Velho (PDT) não estava nada contente com as reclamações que tem ouvido sobre as mudanças dos locais da feira do livro e do carnaval.

Irado ele afirmou que essas mudanças foram muito bem discutidas internamente. Ele não deixou claro, obviamente, interno ao que? Ao governo? Ao gabinete? Com o Ego, o ID e o Superego? Isso não sabemos, mas em um momento ele disparou:

"Agora, se cada vez tiver que reunir todo mundo para decisões que estão 'caindo de maduro', não precisaria de eleições."
Tá explicado. A culpa é nossa, cidadãos caxienses, que questionam o nosso prefeito e fazem ele gastar mais tempo tendo que dar explicações ao povo do que treinando para os torneios de laço.

Acho que todos nós estamos enganados. Em 2012 fomos às urnas eleger um Rei e não um prefeito. O Rei, aqueles dos filmes sobre a Idade Média, é que tinha poderes absolutos e não aceitava contestações. Podia ele mudar uma cidade de lugar que ninguém ousaria questionar.

Quem o fizesse?

Já para o calabouço!

Alceu viveu 8 anos como vice prefeito decorativo. Sem ter nenhuma função relevante. Achava que podia mandar e desmandar. Eleito prefeito acha que é rei. Algum dia alguém irá gritar e dizer:

"O Rei está Nú".

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados