segunda-feira, 20 de abril de 2015

Pare o Mundo: Secretário de Sartori diz que a Culpa da Violência é das Mulheres

É o que dá eleger um governo sem proposta nenhuma. Em entrevista ao programa Gaúcha Atualidade, na Rádio Gaúcha, o secretário de Segurança do Estado, Wantuir Jacini, que o problema da violência é das mulheres. 

"Antigamente, o pai era apenas o provedor do lar e a mãe ficava fazendo a educação. Hoje a mãe sai para prover o lar também e as crianças ficam sozinhas, ficam na rua, à mercê de todos os criminosos, principalmente nas periferias", foi a pérola solta pelo secretário. 

Antes de ser secretário de segurança, no Rio Grande do Sul, ele era, secretário da mesma pasta em Mato Grosso do Sul durante o governo de André Puccinelli (PMDB). Em Mato Grosso do Sul, durante a sua gestão os índices de criminalidade caíram menos do que no mesmo período no Rio Grande do Sul. 

Em três meses do mandato, Jacini, colocou o estado em completo caos na área de segurança. O número de ataques a caixa eletrônicos simplesmente explodiu. O número de assaltos a agências bancárias idem. Com o corte de 40% de horas extras a Operação Verão terminou antes, quarteis de bombeiros quase fecharam, o policiamento sumiu das ruas e há 2500 bombeiros, policiais militares e policiais cívis esperando serem nomeados. 

Ao invés de encarar o problema de frente o secretário preferiu voltar ao começo do século XX e achar que lugar de mulher é em casa cuidando dos filhos. Essa afirmação não é apenas um "ato falho" do secretário. Ela é componente principal da ideologia formada pelo atual governo do estado. Com apenas 1 mulher no secretariado (2 se considerar a primeira dama), o secretariado de Sartori é misógino ao extremo. Extinguiu a Secretária de Políticas Públicas para as Mulheres e, constantemente, seus secretários dão discursos lamentáveis como esse. 

Quem sabe o secretário saia do século XIX e volte para o século XXI ou então saia do governo pois se continuar assim estaremos perdidos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com