quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Direito humano a um copo d'água

Você negaria um copo d'água a uma pessoa? Pois é... muitos comércios em Caxias negam. Por isso a vereadora Denise Pessôa (PT), protocolou o projeto de Lei Municipal que obriga os estabelecimentos comerciais da cidade a não negarem água potável aos cidadãos e cidadãs. Muitos estabelecimentos negam a água e somente oferecem água engarrafada e cobrada. É um absurdo a negação de um bem natural como a água, principalmente a um ser humano. Além disso, negar água a qualquer pessoa afronta o princípio da dignidade humana consagrado na Constituição Federal e na Declaração Universal dos Direitos Humanos. 
Infelizmente, a sociedade do consumo e do lucro desumanizam as relações e absurdos como este, passam a ser considerados "normais" a ponto de uma vereadora ter quer propor uma Lei para garantir à população o acesso facilitado à água potável de consumo imediato, ou seja, simplesmente um copo d'água. Mesmo assim, haverá comerciantes contrários a Lei, por que querem vender, vender, lucrar, lucrar..., não querem eles, que adentre a seus estabelecimentos gente pobre ou que não queiram (ou não possam) pagar por um copo d'água. É louvável o projeto de Lei da Vereadora Denise, que mais que uma Lei, é um chamamento à razão, à solidariedade, a (re) humanização das relações e à garantia do Direito Humano à água potável. São projetos como este que a população espera que os vereadores/as apresentem na Câmara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com