Líderes da oposição pedem afastamento de Eduardo Cunha da presidência da Câmara

Líderes dos partidos de oposição na Câmara: PSDB, Solidariedade, PSB, DEM, PPS pedem, por meio de uma nota, que o presidente da Casa se afaste do cargo "para exercer seu direito de ampla defesa". A oposição está abandonando o "barco" de Eduardo Cunha com medo que as inúmeras denuncias contra ele prejudiquem os requerimentos dos processos de impeachment que estão para ser analisados. Também é verdade que os partidos de oposição estão sendo duramente cobrados por seu discurso seletivo no combate a corrupção. Além de Cunha, outros membros da oposição etão sendo investigados pelo STF, como por exemplo o líder do DEM, Agripino Maia. Em caso de afastamento de Cunha quem assume é o vice presidente Waldir Maranhão (PP/MA), também denunciado pela Lava Jato. Com isso a possibilidade de uma nova eleição para presidente da Câmara começa a aparece no horizonte. Já Eduardo Cunha disse que não sai de jeito nenhum da presidência e ainda acusou o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, de "vazar" dados que deviam estar em sigilo, como as contas secretas atribuídas a Cunha na Suíça. A esperança de salvação de Cunha era conseguir colocar o impeachment da presidenta Dilma em curso até que sua situação ficasse mais estável. Parece que não deu tempo suficente para isso.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados