quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

Mauro Pereira (PMDB) é suplente de deputado federal. Com a composição do governo Sartori, conseguiu assumir o mandato em Brasília no início deste ano. Mauro Pereira faz um mandato esforçado, assíduo e tenta a qualquer custo, tipo "papagaio de pirata", aparecer nas brechas dos debates sérios do Congresso.

Chega cedo no plenário e ocupa os espaços de fala, antes das pautas, para tentar defender Sartori, ou falar sobre algum assunto sem grande importância. Não é membro de nenhuma importante comissão. Não é autor, nem relator ou revisor de nenhum importante projeto de Lei. Ou seja, é um mandato com pouca ou quase nenhuma qualidade, a exemplo de seus mandatos como vereador em Caxias do Sul. Mas o que chama atenção em seu mandato é a fidelidade canina e sua especial admiração pelo Presidente da casa, o Deputado Eduardo Cunha. Essa aproximação poderia existir por serem do mesmo partido. No entanto, Eduardo Cunha não agrada todo o PMDB e os que já foram próximos a ele, hoje tentam se afastar. 

Mas Mauro Pereira não, vota exatamente como Eduardo Cunha quer, se Cunha diz para ele votar a favor das terceirizações, Mauro Pereira vai lá e vota, se pede para votar a favor da diminuição da maioridade penal, Mauro não desaponta seu líder. Impressionante é que, mesmo agora, quando Cunha se tornou o primeiro e até agora o único político com mandato a ser Réu no STF, acusado de receber propina de 5 milhões de dólares de empreiteiras que tinham contrato com a Petrobrás, Mauro Pereira ainda se mantém ao lado de Cunha. Toda semana aparecem novas provas de propinas e contas na Suíça omitidas pelo Presidente da Câmara, mas Mauro Pereira segue como seu fiel escudeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com