quinta-feira, 5 de novembro de 2015

A chapa vai esquentar para os racistas da internet

Se Taís Araujo fosse uma pessoa "comum" os ataques que ela em uma postagem do Facebook, sofreu não teriam grande repercursão. Mas mesmo assim o fato não é menos grave e, quem sabe, sirva para frear os fascistas e racistas que invadem o Facebook.

A atriz prestou depoimento na sede da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, no Rio de Janeiro. "Presto depoimento porque sei que meu caso não é isolado e é exatamente o que acontece com milhares de outros negros no país", afirmou Taís.

Pode ser que nesse caso a situação não seja esquecida e fique por isso mesmo. Inclusive a chapa pode esquentar para quem fez comentários racistas e preconceituosos no Facebook dela.

Segundo o Jornal Extra a delegacia já identificou um grupo de 30 pessoas que se reuniram em um grupo do WhatsApp somente para combinar um ataque orquestrado contra a atriz.

Essas pessoas podem responder por injúria racial, que é um crime inafiançável e imprescritível. Além disso há a formação de quadrilha, entre outros crimes. As penas podem ultrapassar os cinco anos de cadeia.

Somente com uma ação dura e enérgica contra os racistas e fascistas eles voltarão os seu lugar de convívio, ou seja, o esgoto da sociedade.

Em tempo: para desgraça dos racistas a fanpage de Tais ganhou 610 mil novas curtidas em apenas 3 dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com