Delator da Lava Jato derruba tese de Gilmar Mendes contra Dilma

O principal delator da Lava Jato, Ricardo Pessoa, dono da UTC, derruba a tese do Ministro do STF, Gilmar Mendes, que tentava cassar a candidatura de Dilma através das doações de campanha. 
 
Pessoa foi taxativo em seu depoimento: "as doações para as campanhas eleitorais não tinham relação com as propinas pagas pela empreiteira em troca de contratos da Petrobras". 
 
Ou seja, uma coisa era uma coisa, outra coisa era outra coisa. 
 
O empreiteiro afirmou que havia uma diferença entre as doações feitas dentro e fora do período eleitoral. A principal tese para a cassação da presidenta era que as doações de campanha eram disfarçadas de propina. 
 
Pessoa já havia dito isso em depoimento sobre as supostas contribuições irregulares ao ministro Aloizio Mercadante (PT/SP) e Aloysio Ferreira (PSDB/SP).
 
Se o depoimento de Pessoa for válido as intenções de Gilmar Mendes naufragarão. Se considerarem irregular o depoimento toda a Lava Jato vai para o ralo. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados