Globo reconhece que mentiu

Com medo de uma pesada condenação judicial o jornal O Globo teve que finalmente admtir que seu veículo mente. 

Mentiu descaradamente na capa de 11 de outubro quando estreou, de "forma triunfal", do ex-Veja, Lauro Jardim. A manchete era: "Baiano diz que pagou contas do filho de Lula". 

O "furo exclusivo" se transformou numa "barrigada" (termo jornalístico para informação publicada errada) criminosa. 

Processada por Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, o jornal teve que admitir que ele não é citado nenhuma vez na delação premiada de Fernando Baiano. 

Mas, obviamente, O Globo não deu a mesma visibilidade da manchete inicial. A retração foi uma nota, que apesar de ser na capa, não teve o mesmo peso da mentira. 

Pior do que isso são as centenas de publicações derivadas da mentira publicada no O Globo. Além de rádios e jornais que reproduziram o conteúdo e, provavelmente, não irão reproduzir o desmentido, centenas de blogs de direita e reacionários continuam com o conteúdo como se verdadeiro fosse. 

Esse exemplo torna cada vez mais evidente que a grande mídia precisa de uma fiscalização social permanente, para que maus jornalistas não prosperem divulgando mentiras nas páginas de jornais. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados