terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Manifestante anti-Dilma é branco, velho, ganha mais de 10 salários mínimos e votou no Aécio, diz Data Folha

O Data Folha entrevistou 1.300 pessoas que participaram do ato na Avenida Paulista nesse domingo. A conclusão da pesquisa é a mesma que já dita inúmeras vezes sobre o perfil de quem participa dos movimentos pró-impeachment. O público é majoritariamente masculino, branco, ganha mais de 10 salários mínimos e votou em Aécio Neves.

Segunda a pesquisa 58% são homens, mesmo percentual das outras três manifestações, mas a idade média dos participantes tem aumentando ato após ato. Era 39,6 anos em março, no domingo foi de 48,2 anos.

A cor da pele e a renda destoam da população paulistana. Enquanto 48% dos paulistas se declaram brancos no protesto eles são 80%. Na cidade 27% tem renda familiar igual o maior que 10 salários mínimos. Na Paulista, domingo, esse número pulava para 44%.
Dos participantes, 84% votaram em Aécio Neves no segundo turno. 3% admitem que votaram na Dilma. O PSDB é o partido preferido.

TEMER NÃO EMPOLGA

Apesar de 96% serem a favor do impeachment de Dilma (algo absolutamente natural nesse protesto), os manifestantes não se empolgam com um futuro governo Temer.

Para 28% deles Temer fará um governo Ruim ou Péssimo. 47% acham um futuro governo Temer Regular e só 19% apostam que o peemedebista será Bom ou Ótimo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com