quinta-feira, 12 de maio de 2016

Todos os homens, e nenhuma mulher, do presidente interino


Com o afastamento da presidente Dilma Rousseff, Michel Temer chega ao comando interino do país rodeado de "homens fortes" do PMDB.

Cinco deles em especial se destacam como aliados bastante próximos do novo presidente: Eliseu Padilha, Romero Jucá, Geddel Vieira Lima, Moreira Franco e Henrique Eduardo Alves, que devem ter papel de destaque no novo ministério. Todos, aliás, ocuparam cargos importantes nos governos petistas.

Nenhuma mulher faz parte do núcleo duro em torno de Temer – e, a julgar pelas notícias que vêm sendo veiculadas na imprensa nacional, seu ministério corre o risco de ser 100% masculino.

Duas deputadas vinham sendo cotadas para assumir a pasta de Direitos Humanos: Mara Gabrilli (PSDB-SP) e Renata Abreu (PTN-SP). No entanto, devido à pressão para Temer diminuir o número de ministérios, a tendência é que o órgão seja incorporado à pasta da Justiça.

Já a ex-ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Ellen Gracie chegou a ser convidada para para assumir a Controladoria-Geral da União (CGU), mas recusou, de acordo com a colunista Monica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo.

Veja quem são os Ministros do presidente interino

Gilberto Kassab (PSD), ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações

Raul Jungmann (PPS), ministro da Defesa

Romero Jucá (PMDB), Planejamento, Desenvolvimento e Gestão

Geddel Vieira Lima (PMDB) , ministro-chefe da Secretaria de Governo

Sérgio Etchegoyen, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional

Bruno Araújo (PSDB), ministro das Cidades

Blairo Maggi (PP), ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Henrique Meirelles (ligado ao PSD), ministro da Fazenda

Mendonça Filho (DEM), ministro da Educação e Cultura

Eliseu Padilha (PMDB), ministro-chefe da Casa Civil

Osmar Terra (PMDB), ministro do Desenvolvimento Social e Agrário

Leonardo Picciani (PMDB), ministro do Esporte

Ricardo Barros (PP), ministro da Saúde

José Sarney Filho (PV), ministro do Meio Ambiente

Henrique Alves (PMDB), ministro do Turismo

José Serra (PSDB), ministro das Relações Exteriores

Ronaldo Nogueira de Oliveira (PTB), ministro do Trabalho

Alexandre de Moraes (PSDB), ministro da Justiça e Cidadania

Mauricio Quintella (PR), ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil

Fabiano Augusto Martins Silveira, ministro da Fiscalização, Transparência e Controle (ex-CGU)

Fábio Osório Medina, AGU

Temer criou o Ministério da Fiscalização, Transparência e Controle, acabando com a Controladoria-Geral da União. O peemedebista também decidiu recriar o Gabinete de Segurança Institucional com status de ministério. Ontem, ele chegou a confirmar a indicação do pastor Marcos Pereira (PRB) para o Ministério do Desenvolvimento, mas recuou pela pressão feita por senadores do PMDB, DEM e PSDB.

Faltam, ainda as indicações dos ministros da Integração e Minas e Energia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com