segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Sob novo regramento de horário Zarabatana terá que fechar às 23h

A partir da próxima quinta feira a dinâmica dos frequentadores do Zarabatana Café localizado junto ao Centro de Cultura Henrique Ordovás Filho vai sofrer mudanças. Passados 10 anos a renovação do contrato do Café apresentou modificações significativas na rotina do local.

Em abril desse ano a secretaria de cultura já havia tentado “filtrar” as atrações musicais que se apresentavam no palco do Zarabatana (veja a matéria). Naquela data a proposta era de fazer “shows de menor porte” no palco da Café e “shows maiores” na Sala de Teatro, ao lado do Ordovás. A proposta foi muito criticada e o secretário de cultura, Antonio Feldmann voltou atrás.

Agora, via contrato, e sem ser explicito a secretaria conseguiu mudar as regras. A partir do dia 1º de Setembro, o Centro de Cultura e o Zarabatana fecham às 23 horas. Não é apenas a entrada de pessoas que fica impedida depois desse horário, o Centro todo tem que fechar (espero que dêem uma tolerância senão as pessoas serão expulsas do local). Como de quinta a domingo há sessão de cinema e o volume do som atrapalha quem está vendo um filme a única opção é fazer apresentações acústicas para não interferir no outro espaço.

Com isso a secretaria consegue aplicar o seu filtro cultural. Agora fica a pergunta: E como ficam os usuários do local? Há vários anos atrás as portas já fechavam às 23 horas e isso acarretava inúmeros bate boca na portaria do Centro.

Mais uma vez, ao que parece, está prevalecendo a visão provinciana. Caxias quer atrair turismo mas restaurantes fecham às 23 horas, postos de gasolina a meia noite, os bares e casas noturnas tem preços exorbitantes e os poucos espaços culturais sofrem restrições de acesso. Essa é Caxias que idealiza a “cultura do capital”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com