segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Óleo de Peroba pro Harty Paese

Nesta segunda-feira, dia 28 de novembro o Vereador do PDT, Harty Moises Paese renunciou ao seu mandato. Paese está sendo investigado pela Câmara de Vereadores, pela Polícia Civil, pelo Ministério Público e pelo próprio partido, por ter apresentado atestados médicos falsos como justificativas para ausências a quatro sessões legislativas.

Já se tornou notório que o vereador é dependente químico e não consegue mais retomar as rédeas de uma vida sem drogas. Porém, para pedir a renúncia do cargo a fim de manter seus direitos políticos (ou seja, ter a possibilidade de concorrer nas próximas eleições), o nobre vereador possui bastante discernimento.

Caso o vereador fosse condenado, correria o risco de perder seus direitos políticos. Como fez a renúncia antes da condenação, é impossível que isso aconteça. O que Harty fez é corriqueiro na política. Muito políticos corruptos, para fugir do processo de cassação, renunciam e ficam livres para concorrer às próximas eleições. Foi o que fez, por exemplo, Jader Barbalho (PMDB) e Joaquim Roriz (PMDB).

Harty ainda teve a cara de pau de se fazer de vítima:

"Considerando o desapego ao poder em minha vida, resolvi renunciar. Não sei se teria o mandato cassado, mas errei por omissão de não estar vigilante na Câmara. Se houve o erro, tem de haver a apuração. Por isso, eu saio. Tenho que priorizar a minha vida."

Coitadinho! Desapego. Sei.

Com essa atitude, o agora ex-vereador demonstrou que não tem escrúpulos e muito menos caráter. Vamos dar um óleo de peroba pra ele?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com