Prefeitura pede autorização do Legislativo para contratar empréstimos

Sem novas obras Marrecas só será um reservatório
O Governo Alceu Barbosa Velho (PDT) entregou à Câmara de Vereadores três projetos de lei solicitando autorização para o Município contratar empréstimos via Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal.

Os projetos já foram selecionados e divulgados pelo Governo em fevereiro último e contemplam três áreas:

PAC da Mobilidade Urbana, de até R$ 25 milhões para pavimentação de vias

PAC das Médias Cidades de até R$ 37 milhões para a construção de duas novas estações de transbordo de passageiros, pavimentação em concreto dos corredores de ônibus e recapeamento de vias estruturantes do transporte coletivo.

Estes dois financiamento são via Caixa Econômica Federal.

Recursos para completar o Marrecas


Para que a água chegue até a casa dos moradores de Caxias do Sul são necessárias a construção de adutoras e subadutoras. Um dos empréstimos, via BNDES, será o do PAC de Saneamento, de até R$ 25 milhões, que servirá para a distribuição de água do Sistema Marrecas.

A prefeitura já está admitindo que a água do Marrecas só chegará a algumas casas em agosto desse ano. Porém todo o potencial da represa só poderá ser utilizado em 2015 como notíciado pelo Polenta News (veja aqui).  Esse é mais um ponto que reforça a tese de que a obra foi antes eleitoreira do que de benefício real para os caxienses.

Comentários

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados