quarta-feira, 5 de junho de 2013

Prefeitura pede autorização do Legislativo para contratar empréstimos

Sem novas obras Marrecas só será um reservatório
O Governo Alceu Barbosa Velho (PDT) entregou à Câmara de Vereadores três projetos de lei solicitando autorização para o Município contratar empréstimos via Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal.

Os projetos já foram selecionados e divulgados pelo Governo em fevereiro último e contemplam três áreas:

PAC da Mobilidade Urbana, de até R$ 25 milhões para pavimentação de vias

PAC das Médias Cidades de até R$ 37 milhões para a construção de duas novas estações de transbordo de passageiros, pavimentação em concreto dos corredores de ônibus e recapeamento de vias estruturantes do transporte coletivo.

Estes dois financiamento são via Caixa Econômica Federal.

Recursos para completar o Marrecas


Para que a água chegue até a casa dos moradores de Caxias do Sul são necessárias a construção de adutoras e subadutoras. Um dos empréstimos, via BNDES, será o do PAC de Saneamento, de até R$ 25 milhões, que servirá para a distribuição de água do Sistema Marrecas.

A prefeitura já está admitindo que a água do Marrecas só chegará a algumas casas em agosto desse ano. Porém todo o potencial da represa só poderá ser utilizado em 2015 como notíciado pelo Polenta News (veja aqui).  Esse é mais um ponto que reforça a tese de que a obra foi antes eleitoreira do que de benefício real para os caxienses.

Um comentário:

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com