segunda-feira, 5 de maio de 2014

Nova presidenta do Ipam terá missão de conter a "sangria" do instituto

O Prefeito Alceu Barbosa Velho (PDT) empossou no último dia 30 a nova presidenta do Instituto de Previdência e Assistência Municipal, IPAM, Cezira Höckele. Cezira é advogada, servidora pública concursada lotada na Procuradoria Geral do Município.

Cezira será a terceira presidente do IPAM da atual administração e terá a tarefa de conter a sangria do instituto. Ela substituirá  João Carlos Costa e Silva que deixa o cargo, como é comum nesse governo, "por problemas particulares". Esses problemas particulares não impedirão que ele continue trabalhando no IPAM, estranho não?

Desde 2010, ainda na gestão Sartori (PMDB) o Ipam vem operando no negativo. Em 2012 o deficit chegou a R$ 2 milhões e em 2013 R$ 7 milhões!!

Os constantes deficit acarretam em prejuízo ao poder público que é obrigado a completar o caixa do Instituto. Entre os motivos estão o descontrole financeiro, o pequeno número de servidores que contribuem para o instituto (pouco mais do que a metade), o grande número de compensações financeiras que são fruto de pouco especialistas conveniados, o excesso de cargos de comissão e funções gratificadas e por aí vai a fila.

O problema, porém, não é recente. Desde o governo Sartori o instituto vem passado por sucessivos déficits que vão ficando maior a medida que o tempo passa. "O IPAM já foi melhor que a Unimed", relata uma servidora pública ao Polenta News (que manteremos anônima pois ela tem medo de represálias). Segundo a servidora o número de médicos conveniados, os convênios com laboratórios, os atendimentos na sede, as internações eram melhores que qualquer plano de saúde da cidade. "Com o tempo isso foi se perdendo. Médicos foram saindo e convênios não existem mais. Hoje está muito complicado. Muitos colegas estão saindo do IPAM e indo para a Unimed, Círculo e outros", confidenciou.

 Para tentar salvar o instituto das desastradas gestões que a antecederam nos governos Sartori e
Alceu, o prefeito escalou uma servidora que segundo suas palavras "é um gestor técnico, jurídico e administrativo". Na posse da nova presidenta o prefeito apelou para que os servidores auxiliassem na superação dos problemas do instituto.  “Temos ciência do que precisa ser feito e precisamos da ajuda do sindicato, dos servidores e dos conselheiros do FAPS (Fundo de Aposentadoria dos Servidores). Nós - Prefeito, presidente do IPAM e secretários - somos passageiros, por isso vocês servidores precisam se envolver. Estamos preocupados com a situação, temos responsabilidade e queremos que os servidores tenham garantia do futuro do Instituto”, destacou Alceu.

As intenções parecem boa. Os servidores aguardam ansiosos que a fala do prefeito não seja apenas retórica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com