Dispara a rejeição a Alckmin em São Paulo



Levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, realizado na cidade de São Paulo, revela que disparou a rejeição ao governador Geraldo Alckmin (PSDB). 63,8% dos paulistanos desaprovam a administração do tucano. A rejeição a Alckmin na capital subiu 16 pontos em menos de um ano. Apenas 32,7% dos paulistanos aprovam o governo estadual.

Segundo a pesquisa, em junho do ano passado, a desaprovação à gestão tucana era de 47,8%, quase empatada com o índice de aprovação (que era de 47,9%). Dois meses depois, este cenário já havia invertido: eram 49,5% pela desaprovação e 47% pela aprovação. Agora, o cenário piorou consideravelmente para Alckmin: 63,8% desaprovam e 32,7% aprovam.

Entre os homens, a desaprovação ao tucano é ainda maior: 64,7%. Entre os jovens, a rejeição ao governador de São Paulo é assustadora: entre jovens de 25 a 34 anos, a desaprovação alcança 70,8%. De 16 anos a 24 anos, a desaprovação é de 68,9%.

Entre as pessoas que possuem Ensino Superior, a reprovação ao governo paulista é de 68,7%.

Eleição na capital


A reprovação do governo tucano também prejudica o pré-candidato a prefeito do partido, João Dória Jr. 34,7% dos entrevistados disseram que diminuem as chances de votar no candidato caso ele seja apoiado pelo governador.

A pesquisa do Instituto Paraná foi realizada entre os dias 30 de abril e 4 de maio, com 1.024 eleitores. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº SP-01799/2016.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados