quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O Burgueseiro

Assim como os partidos políticos têm lado e focam seus governos de acordo com os interesses ou da burguesia ou da população trabalhadora, nossos meios de comunicação também são assim. O problema é que, infelizmente, para a maioria dos telespectadores, ouvintes e leitores, a mídia  que se tem acesso é a mídia burguesa. Ouvimos a Rádio Viva, assistimos à RBS/Globo e lemos O Pioneiro. É o que chamaremos nesse blog de PIG (Partido da Imprensa Golpista).

Iniciando nossa análise em Caxias do Sul, basta observarmos nosso jornal líder de notícias burguesas: O Burgueseiro. Às vezes, chego a me contorcer ao ler as preocupações que afligem a maior parte da população pobre e trabalhadora que são refletidas no jornal:

  • o pedágio, sempre o pedágio (a maioria da população sequer sabe onde ficam os tais pedágios tão criticados pelo “Mirante” – eles não têm carro!);
  • a Rota do Sol (a maioria dos trabalhadores, infelizmente, não pode desfrutar suas férias – quando as têm – na praia);
  • as ruas mal cuidadas do centro da cidade (todos queremos um centro bem cuidado, mas e as ruas esburacadas e de terra batida dos bairros?);
  • as férias dos políticos (acho que é pra causar uma pontinha de inveja em quem não tem férias fora da cidade).

E por aí vai... são informações que distorcem a realidade da comunidade caxiense e que apenas interessam a alguns: a burguesia. Passa até a impressão de que em nossa cidade não existe população pobre, apenas ricos descendentes de imigrantes italianos que moram no centro da cidade.

Bom seria se essas informações fizessem parte dos noticiários diários, mas como coadjuvantes e que os anseios da maioria da população realmente aparecessem na mídia... aí teríamos que mudar o nome do jornal, né?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com