E o lazer em Caxias, cadê?

Não é de hoje que os caxienses reclamam da escassez de opções de lazer na cidade. Temos poucos parques e praças e é difícil vir algo realmente diferente e atrativo para a acidade. E, quando surgem novidades, constata-se que a população gringa tem dificuldade em valorizar tais oportunidades. 

Focando a análise sobre os parques da cidade, nos deparamos com o abandono e a má gestão. O Parque Getúlio Vargas (Parque dos Macaquinhos) ficou muito bom após a reforma, porém após alguns anos, o vandalimso já degenerou parte do local. 

Já o Parque Cinquentenário, está às moscas. Também foi reformado há alguns anos e a situação atual é de precariedade e abandono. Recentemente uma jovem estudante foi estuprada no local, o que afastou ainda mais os frequentadores do parque. A área esportiva está depredada e a ponte que a liga ao parque está quase totalmente destruída. Os banheiros, por sua vez, estão inabitáveis. Não há sequer uma lancheria funcionando na área. A população que usa o espaço tem que se contentar com o tio do picolé... 

Em ambos os parques, aliás, a questão de um ambiente para pequenas refeições e lanches poderia ser melhor estudada. Mesmo no Parque dos Macaquinhos onde existe uma lancheria, a infraestrutura é precária e são poucas as opções de lanches. Um local agradável e aconchegante, com diversas opções e com preços acessíveis seriam muito bem vindo em ambos os parques, pois demonstraria atenção ao bem estar dos frequentadores. 

Os parques situados nos bairros, por sua vez, são frequentemente vítimas dos vândalos de plantão. Uma pena! 

Infelizmente, outro espaço que poderia estar bombando e também não recebe a manutenção necessária é o Jardim Botânico. O local possui amplo projeto de reestruturação, com construção de decks e pontes, mas pra variar não saiu do papel. No local o maior atrativo acaba sendo o cactário que já perdeu várias espécies devido aos furtos constantes de usuários mal-intencionados.. 

A Prefeitura inaugurou no ano passado o Mato Sartori, fazendo ampla divulgação de sua reestruturação aguardada há anos pela população caxiense. Sobre o parque porém, não podemos tecer maiores comentários, pois a visitação não é livre. Deve-se agendar horário em grupos para realizar visita monitorada ao local. Que sem graça! 

Enquanto isso, sem praia nem parques, no verão a melhor opção é tomar um sorvetão!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados