Pedras da Geni

Bafão na sessão da Câmara de Vereadores de quarta-feira (19/10). A vereadora Geni Peteffi (PMDB), líder do governo Sartori se desentendeu com o colega da base, o vereador e pastor Renato Nunes (PRB).

Enquanto Renato divulgava a realização de uma audiência pública, Geni, fora dos microfones, bufava reclamando que eram feitas muitas audiências. Renato reclamou que a líder do Governo deveria falar com ele no microfone e que ela não conversa com todos os vereadores da base do governo.

E aí veio a 1ª pedra:
"Você só existe por causa do PMDB!" - disse Geni (fora dos microfones)

"Eu não tenho medo de ninguém!" - defendeu-se Renato (no microfone)

E a 2ª pedra foi lançada:
"Deveria ter." - devolveu a vereadora e, enquanto o pastor voltava ao seu discurso, ela foi até o seu lado e falou: "Vem aqui fora, vem!"

"Ela está me ameaçando! Ela está me ameaçando! Vou chamar a segurança!" - enfureceu-se o pastor.

Ao final do discurso do Vereador Renato, seu celular tocou, ele saiu do Plenário e voltou com as pazes feitas com Geni.

De fato, não se trata de uma questão de " ter medo", mas de ser inteligente. Afinal, você seria inimigo da Geni? Sim? E já ouviu falar em pena de apedrejamento?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados