segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Greve de fome em frente à Rede Globo

Você viu isso em algum lugar? Passou ontem no Fantástico? Deu na Veja dessa semana? Não!!!! Então mude logo a sua maneira de se informar.

Se fosse cubano, Pedro Rios Leão seria capa do O Globo e seria chamado de "mártir da liberdade". Seria matéria de destaque no Jornal Nacional, provocando lágrimas de solidariedade da Patrícia Poeta. No Jornal da Globo, Wiilian Waack e Arnaldo Jabor, uníssonos, o chamariam de herói e até Pedro Bial arrumaria um espaço no BBB p/ fazer uma homenagem ao "guerreiro"... 

Desafortunadamente ele não é cubano. Pedro Rios Leão é brasileiro (!) e completou 11 dias de greve de fome em frente a TV Globo em protesto contra a cobertura da desocupação de Pinheirinho pela polícia militar de São Paulo. Seu protesto até agora foi e está sendo solenemente ignorado. Como diria aquela velha canção, "a dor da gente não sai no jornal", muito menos na TV".

(Texto: Juliana Cordeiro de Farias / Foto: Rodrigo Ajooz, em 31/01/2012)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com