Pioneiro faz de tudo para cavar um espaço para o seu pupilo


O código de ética da RBS já é a maior livro de ficção do ano e como tal obra não é para ser levada muito a serio, até porque há, cotidianamente, exemplos de que a empresa não segue suas próprias “regras”.


Quase a aniversariante ficou de fora para que Alceu pudesse aparecer na foto
Essa semana foi particularmente fértil nesse aspecto. A coluna de política do jornal, o “Mirante”, fez de tudo para colocar o deputado, e candidato a prefeito pelo PDT, Alceu Barbosa Velho em evidência, mesmo que não houvesse motivo.

Na segunda feira, por exemplo, havia a chamada: “Aniversários em tom da campanha”. Na sexta feira o Partido dos Trabalhadores reuniu mais de 800 pessoas num jantar em comemoração aos seus 32 anos. Do ponto de vista da objetividade jornalística essa é uma informação de bastante relevância. Mas para não deixar seu pupilo de fora das manchetes arranjaram uma festa particular de aniversários, de uma CC do governo Sartori, onde a aniversariante quase não aparece na foto, para que Alceu aparecesse discursando (imagem).

O peso editorial dos dois eventos é incrivelmente diferente. Enquanto uma atividade, o aniversário do PT, foi uma atividade eminentemente política e foi preparada para tal, a outra atividade foi criada para garantir foto no jornal.

Outro exemplo foi na edição de terça feira. O fato político do dia anterior, para qualquer jornal sério do mundo, é a confirmação de uma aliança eleitoral, ainda mais quando essa aliança retira um dos partidos da base de sustentação do governo. Um jornal sério daria destaque a isso. O Pioneiro deu até um destaque, era a chamada do topo da página, mas sem foto! A foto foi para a chamada abaixo que dizia: “Elogios para Alceu Barbosa Velho”, que falava sobre a inauguração de leitos de UTI no Hospital Pompéia e que Alceu teria sido elogiado nos discursos. Outra vez vemos como um tema de menor importância ganha um destaque maior para, dar visibilidade ao protegido da RBS e diminuir um fato político de relevância e importância que é a aliança entre PT e PRB, principais oposicionistas ao governo Sartori.

Na edição de hoje, o Mirante que foi escrito pelo editor chefe do Pioneiro, Roberto Nielsen, apesar de dar o crédito correto ao Deputado Federal Pepe Vargas (PT) que se esforçou por garantir a vinda da presidente Dilma (PT) à Festa da Uva, lembra do assédio político que pode acontecer com candidatos querendo aparecer nas fotos junto da presidenta e advinha quem é citado novamente? Alceu Barbosa Velho! E mais ele é citado novamente em mais uma nota sobre a liminar que suspendeu a Lei da Sapeca.

Como pode se ver não se economiza esforço para tratar bem um pupilo, né?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados