segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Ricardo Boechat insulta trabalhadores ao vivo e nega direito de resposta

Texto extraído do Cloaca News. É bom lembrar que foi essa mesma rede, mas um outro jornalista metido a ético que disse "só faltava essa agora, garis no alto de suas vassouras desejando Feliz Natal". É uma vergonha!

O jornalista e anchorman da Rede Bandalha, Ricardo Boechat, acaba de agregar valor à sua fulgurante carreira no ramo da PI (Picaretagem da Informação). Na última sexta-feira, 10, zurrando ao vivo em seu programa na BandNews FM, o mezzo porteño-mezzo carioca desandou a desqualificar toda a categoria dos servidores do TRE do Rio de Janeiro, desfiando adjetivos desairosos aos trabalhadores e sugerindo que os funcionários daquele egrégio tribunal seriam todos vagabundos e sanguessugas do dinheiro público. Mais que isso: o ex-assistente do lendário fofoqueiro Ibrahim Sued chegou mesmo a exigir o corte do ponto dos trabalhadores judiciários.

Na prática, a TPM radialística de Ricardão espalhou-se pelo éter porque o brilhante e laureado profissional de imprensa não teve a pachorra de apurar uma informação que lhe chegara aos ouvidos logo após o início da greve das polícias do Rio de Janeiro. Para Boechat, a notícia de que o TRE-RJ havia “parado” por causa do movimento grevista da segurança pública transformou todos os funcionários da Justiça Eleitoral fluminense em vadios mundeiros. Ocorre que a suspensão do expediente na sede da Corte e nos cartórios eleitorais do estado deu-se em razão do Ato Administrativo 43/2012, editado naquele dia pela presidenta em exercício do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), Letícia Sardas. A decisão da magistrada foi tomada em caráter preventivo, até que se pudesse avaliar o grau de paralisação e as consequências da greve dos policiais.

Com o programa ainda no ar, e indignados com a esculhambação pública a que estavam sendo submetidos,representantes do Sindicato dos Trabalhadores das Justiças Federais no Estado do Rio de Janeiro (Sisejufe) entraram em contato com a produção de "Jornalismo" da BandNews FM para esclarecer a verdade dos fatos. Os bandalhos, no entanto, fizeram ouvidos moucos e não deram voz aos insultados.


Em junho de 2001, ocasião em que era o principal colunista de O Globo, Boechat foi flagrado passando conteúdo de matérias de seu jornal para um concorrente, o que lhe custou o olho da rua. Tempos depois, ele foi contratado pelo coveiro do JB, Nelson Tanure, com quem aprimorou seu talento nas Artes Trambicais. Atualmente, rancoroso e desenxabido, Ricardo Boechat experimenta seu patético ocaso, transformado em locutor oficial dos editoriaizinhos da Rede Bandalha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com