O lixão tecnológico de Gana

A reportagem de ontem do Domingo Espetacular, da Rede Record, mostrou uma dura realidade. Em Gana, Oeste da África, milhares de pessoas vivem do lixo. Isso não seria de espantar se o lixão não fosse de materiais eletrônicos enviados dos paises ricos.

O lixão "tecnológico" fica em Acra, capital do país. Caminhões e mais caminhões despejam computadores, celulares, impressoras, copiadoras, motores, e por aí vai. Os catadores estão atrás de ouro, prata, cobre e chumbo que são componentes dessas peças. A cada 100 mil celulares é possível recuperar 3 kg de ouro, 900 kg de cobre e 25 kg de prata.

Em condições de trabalho degradantes os trabalhadores, sem proteção nenhuma, reviram toneladas de equipamentos atrás de materiais preciosos. O lixão é privado, uma favela abriga a população que trabalha no local, o risco de contaminação, doenças e acidentes é frequente.

Vale a pena conferir a reportagem que revela como os países ricos estão transformando a África no esgoto do mundo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados