terça-feira, 11 de dezembro de 2012

A sujeira nossa de cada dia

Primeira foto que circulou as redes
Uma foto do Parque dos Macaquinhos, na manhã da segunda feira ganhou destaque nas redes sociais e nos meios de comunicação. O parque estava completamente tomado pelo lixo. A sujeira era tanta que horas depois foi possível fazerem fotos novas antes da Codeca terminar o trabalho de limpeza.

Tamanho entulho (nas fotos de quem fez a primeira postagem no facebook) foi gerado pelas milhares de pessoas que participaram da festa da fim de ano da Rádio Viva e que foi incluída na programação do "Brilha, Caxias", coordenado pela Prefeitura de Caxias do Sul.

Nos mais diversos comentário, tanto no facebook, quanto na mídia, se ressaltou muito a "porquice da população", o "tigredo" que foi na festa, a "falta de educação do caxiense", e por aí vai uma série de adjetivos entre os mais leves aos mais pesados, alguns preconceituosos outro xenófobos que chegaram a dizer que "essas pessoas deviam ir embora de Caxias".

Achamos que as pessoas que participaram do show e jogaram papel, plástico e sabe lá o que no chão tem responsabilidade. Também achamos que falta educação ambiental para evitar isso. Também faltou lixeiras. Contudo também achamos que os promotores do evento tem responsabilidade.

A Rádio Viva, uma empresa privada, que realizou uma atividade em área pública, com apoio do poder público e que reverte em propaganda e, consequentemente, aumento nos lucros da empresa. Ela não deveria ser responsável por realizar, pelo menos, a limpeza do local?

O poder público, ao ceder um espaço que é coletivo, deveria exigir que ele retornasse, no mínimo na mesma condição incial, ou seja, limpo. A promotora do show provavelmente contratou segurança particular, nem que seja para os artistas, não poderia ter contratado equipe de limpeza.

A situação de sujeira seria muito pior se não houvesse dezenas de pessoas que cataram latinhas no local e amenizaram a imundice.

Descontar a responsabilidade na população é também uma atitude cômoda. Se uma casa noturna é responsável pelo silêncio ao redor de seu estabelecimento, o promotor de um espetáculo também não deveria ser responsável pelo entorno?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com