terça-feira, 22 de outubro de 2013

Reajuste das mensalidades da UCS será de 7,43%

O Conselho Diretor da FUCS (Fundação Universidade de Caxias do Sul) aprovou, na noite de ontem, o índice de reajuste das mensalidades para 2014. Segundo a decisão do conselho haverá um reajuste de 7,43% no valor das disciplinas. Em uma matéria publicada ainda na sexta-feira, o Polenta News, publicou uma informação, de uma fonte, que apontava que o reajuste ficaria em um valor muito parecido com o aprovado pelo Conselho (veja aqui no final da matéria).

A UCS é uma das primeiras universidades do estado a fixar um índice para o reajuste das mensalidades para o próximo ano. Um dos motivo é seu calendário de matrículas. Por força de lei as universidades, faculdades e escolas devem fixar os reajustes 45 dias antes do primeiro dia de matrícula, 11 de dezembro no caso da UCS. Com isso a fixação do valor poderia acontecer até essa sexta feira. A antecipação, obviamente, serve para evitar a realização de protestos como o a da última quinta feira.

O DCE da UCS não ficou nada satisfeito com o índice. Em sua página do Facebook comentou: "Novamente, tivemos um aumento acima da inflação projetada para o ano, que deve ficar em 5,8%, de acordo com o último relatório do Banco Central". A entidade estudantil questiona ainda a falta de investimentos da instituição: "Temos discutido democracia na UCS. E democracia também é TRANSPARÊNCIA. Pagamos mensalidades caras e vemos poucos investimentos, em pesquisa, extensão e infraestrutura - situação que piora muito em campi e núcleos".

Por ser uma das primeiras a definir os índices de reajuste a UCS acaba sendo balizadora para as outras instituições. A União Estadual de Estudantes - Livre (um contraponto a UEE/RS que não realiza processos de eleição democráticos) lançou a campanha "Mais Qualidade, Menos Mensalidade". A campanha tem realização em conjunto com a UNE e apoio do Sinpro e Feteesul. Os DCE e Diretórios Acadêmicos de Universidades Privadas são o público alvo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com