quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

Se estivesse na bancada do Jornal do Almoço, Lasier Martins, hoje filiado ao PDT, iniciaria seu comentário, provavelmente, com o bordão "é um absurdo", sobre a contratação da namorada de um candidato a senador como Cargo de Confiança da Assembleia Legislativa com um salário de R$ 12 mil.

A pessoa em questão é Janice dos Santos Palao, que é namorada de Lasier Martins, que é candidato ao Senado pelo PDT. Janice foi contratada para o cargo comissionado, CC, de diretora de jornalismo da Assembleia. O cargo tem salário de R$ 12.051,84 mensais e foi nomeada pelo presidente da casa Gilma Sossella, também do PDT. Janice, porém, não exerce formalmente o cargo! Janice estaria recebendo sem trabalhar? Numa manobra para preservar o candidato pedetista ao Senado a direção de jornalismo vem sendo acumulada por Cléber Roberto Bertoncello, assessor de Sossella que  foi designado interinamente para o cargo de superintendente de comunicação da Assembleia Legislativa.

Quando o assunto caiu nas redes sociais a situação dela ficou insustentável. Tanto Sossella, quanto Lasier afirmar que Janice foi contratada por apenas um mês, para organizar a comunicação da presidência da Assembleia. Se isso for verdade, pagar R$ 12 mil por uma assessoria é um absurdo, ainda mais havendo profissionais qualificados para o tal.

É difícil acreditar na história de Lasier e Sossella. Se a história não tivesse ficado pública Janice provavelmente continuaria na sua função não formal. A própria admissão que ela não exerceria a função "formalmente" para preserver Lasier já é uma admissão de culpa. Como resultado Janice será exonerada na sexta feira, com R$ 12 mil no bolso, e com duvidosos serviços prestados.

Essa é a segunda polêmica que Lasier se envolve. Em dezembro a Justiça Eleitoral condenou Lasier e o PDT por campanha antecipada quando o jornalista fez um discurso ao vivo, claramente eleitoreiro, ao se despedir da RBS (veja aqui).

5 comentários:

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com