Os Carnavais Caxienses

Créditos: Carlo de Bortoli
De um marasmo carnavalesco, Caxias passou, nos últimos anos, a ser uma cidade até que razoavelmente animada no período do Carnaval.

Após o fim dos carnavais de clube, nossa cidade parecia alheia à maior festa popular brasileira. A única comemoração que resistiu foi o velho desfile das escolas de samba.

Porém, a exemplo de outras cidades, nem todo mundo participa de tudo. Com a chegada do Bloco da Velha há cinco anos, as divisões sociais e culturais despontaram nas comemorações do Carnaval.

O Bloco da Velha tomou conta da cidade e este ano reuniu cerca de 10 mil pessoas. Mas o que se visualiza é que praticamente só tem brancos, a elite. Já os tradicionais desfiles das escolas de samba reúnem aqueles que estão envolvidos com suas agremiações. E lá quase que só tem o "povo".

Este ano se apresentou à cidade o Bloco da Ovelha, que contribuiu para animar a cidade e desfilou pelas ruas no sábado e na segunda-feira. Mais uma opção valiosa para os milhares do foliões que não viajaram.

Os contrastes estão aí para quem quiser ter um olhar mais questionador e curioso. Não se trata de criticar os blocos de rua ou as escolas de samba, mas saber que por algum motivo tem festas, pessoas e classes que não se misturam muito.

O bom de tudo isso é que Caxias voltou a sambar! Agora ficar na cidade durante o Carnaval não dá mais depressão!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados