PDT pressiona e Sartori cede mais cargos

Foto: Galileu Oldemburg/Casa Civil
O pós carnaval serviu para os pedetistas "discutirem a relação" com o governador Sartori (PMDB). Na pauta dos pedetistas estava uma insatisfação do partido com o número de CCs que coube ao PDT além de tensões, dentro do partido, com os boatos (nem tão boatos assim) da apresentação de projetos polêmicos pelo governo do estado.

A direção estadual do PDT, a bancada de deputados estaduais e federais foi para cima do governador Sartori e conseguiu cavar mais espaço. Na reunião, com o Chefe da Casa Cívil, Márcio Biolchi (PMDB), os pedetistas receberam a confirmação para a indicação de mais dois ou até mesmo três novos CCs.

Um deles será o ex-deputado Vinícius Ribeiro, que estava cotado para o Detran e não levou. Recebeu o convite para a Corag (Companhia Rio Grandense de Artes Gráficas), mas como o governo Sartori queria privatizar a companhia ele não aceitou. "O governo nos garantiu que a Corag será mantida", afirmou o presidente estadual do PDT, Pompeu de Matos. Com essa nova informação Vinícius topou a indicação.

Outro ex-deputado, Kalil Sehbe, será indicado para uma diretoria do Badesul (também na mira de privatização). Além disso o partido indicará um assessor técnico, a escolha da bancada estadual, para ocupar um cargo na Casa Cívil.

Com a montagem do governo chegando ao final, o discurso de Sartori de compor um governo técnico soa como um conto de fadas. A maior parte das escolhas foram políticas. Além disso, mesmo com a extinção e fusão de secretarias os CCs de segundo e terceiro escalão estão todos sendo ocupados. Mais uma vez o discurso de austeridade e redução de custos vai indo por água abaixo.

Sartori ficará com um grande problema se a cada pressão ceder dando mais cargos. Daqui a pouco ninguém acredita que o Rio Grande do Sul realmente tenha um deficit orçamentário do tamanho que ele diz que tem.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mauro Pereira, fiel escudeiro de Eduardo Cunha na Câmara de Deputados

É um absurdo: Lasier Martins arranjou emprego para a namorada na Assembleia Legislativa

TV Caxias terá bens leiloados