sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Sartori indica deputados não reeleitos para diretorias do Badesul

Foram confirmados pelo governador José Ivo Sartori (PMDB), os novos diretores do Badesul-Agência de Fomento. Entre os nomes destacam-se 3 deputados estaduais que não conseguiram se reeleger nas últimas eleições. Paulo Odone (PPS), Mano Changes (PP) e Kalil Sehbe (PDT) comporão a diretoria da instituição. 

O nome de Kalil surgiu na conversa que o PDT teve com o Chefe da Casa Cívil, Márcio Biolchi (PMDB) há pouco mais de uma semana (veja aqui). As indicações de Paulo Odone e Mano Changes são uma alternativa para dar mais espaço a dois partidos que tem uma pequena participação no primeiro escalão do governo. 

Na realidade as indicações acabam resolvendo, mesmo, os problemas dos indicados. Sem mandato Kalil, Odone e Changes, teriam suas carreiras políticas encerradas ou bastante diminuídas. Odone, em particular, vai enfrentar, ainda, muita controvérsia na relação do Grêmio com a OAS para a construção da Arena. 

O restante da diretoria será composta por Susana Kakuta, como diretora presidente; Peri Coelho, na vice-presidência e Jeanette Halmehschalger Lontra. O Badesul é vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econônico, Ciência e Tecnologia do Estado. Ele foi criado depois do fechamento, no Governo Britto, da Caixa Econômica Estadual. O Badesul é uma das instituição que estão sob análise, por um grupo de estudos, nomeado pelo governador Sartori, que vai definir quais empresas, fundações e instituição do governo do estado poderão ser fechadas ou privatizadas (veja aqui).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com