sábado, 25 de julho de 2015

Manobra fiscal: empresas sonegam R$ 240 bilhões em impostos por ano em transações internacionais

O valor sonegado de R$ 240 bilhões é 40 vezes o valor desviado da Petrobras pela Lava Jato, mas isso não gera notícias diárias na televisão


Por meio de manobras legais empresas que tem matriz e filiais em países distintos gera uma evasão fiscal de cerca de R$ 240 bilhões por ano. O valor é superior ao investido em educação e saúde pelo governo federal.

"Elas [as empresas] manipulam preços para reduzir tributo no país produtores, como é o caso do Brasil. A partir daí ampliam da margem de lucro em paraísos fiscais", explicou o diretor do Instituto de Justiça Fiscal, Dão Real dos Santos.

A declaração foi feita durante o debate "Arquitetura financeira e econômica internacioal e seus mecanismos de evasão" que aconteceu nessa semana passada em Porto Alegre.

Todo esse dinheiro desviado faz falta no Brasil e aumenta gravemente as desigualdades sociais no mundo. Já existe uma campanha internacional "Que as transnacionais paguem o justo", que denuncia essas manobras que desviam impostos em todos os países.

Também para termos de comparação, R$ 240 bilhões são 40 vezes o valor desviado da Petrobras pela Lava Jato, mas isso não gera notícias diárias na televisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com