quinta-feira, 2 de julho de 2015

MP investiga. Frizzo surta

O Ministério Público irá investigar a compra de uma caminhonete Mistubish Pajero Dakar, que custou R$ 160 mil  ao Serviço Municipal de Água e Esgoto (Samae). A promotora Jeanine Mocellin quer investigar o desvio de finalidade e um suposto superfaturamento. A notícia foi divulgada na coluna da Rosilene Pozza (01/07)

Essa caminhonete é fruto de polêmica há bastante tempo. Depois que foi comprada pelo Samae ela foi "emprestada" para o gabinete do prefeito Alceu Barbosa Velho (PDT) (veja aqui). A situação pegou tão mal que o prefeito devolveu o "abacaxi de luxo".

O questionamento era: se o Samae não precisa do veículo, a ponto de emprestar para o prefeito porque ela foi comprada?

O diretor presidente do Samae, Eloi Frizzo (PSB), logo saiu com uma desculpa: ela havia sido comprada para que a Guarda Municipal fiscalizasse as represas.

Por conta disso a Guarda Municipal usa um veículo de luxo desde o dia 1º de maio. Bom para a
Guarda, mas foi bom para o município?

Essa é a segunda investigação. Outra denúncia alega um provável superfaturamento. A empresa que venceu a licitação teria fechado o negócio por um valor maior que o de mercado. Além da Pajero foram adquiridos outros dois veículos no mesmo lote.

Com essa nova denúncia Frizzo surtou. Ele disse que a promotora estava fazendo um factoide, que não tem equipe técnica para avaliar a necessidade ou não compra, que só o Samae tem essa condição (apesar do veículo não ficar com o Samae). Para finalizar joga a pérola:

"Vai ver que o prefeito de Caxias não pode andar numa Pajero. Metade da cidade tem Pajero e Toyota", afirmou Frizzo à colunista do Pioneiro.

Pode?

Essa é mais uma encrenca envolvendo o Samae. A gestão da companhia é calamitosa. São denúncias de horas extras indevidas, compras desnecessárias, licitações suspeitas e uma barragem inaugurada há quase 1000 dias e que ainda não funciona.

Por conta de uma blindagem inacreditável o prefeito sai ileso de todas essas denúncias e o secretário continua no poder. Alceu é muito bom para falar da corrupção dos outros mas esquece o que acontece ao seu lado.

Se não houver uma operação abafa o caso será investigado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com