quarta-feira, 22 de julho de 2015

O machismo e o poder do PMDB na Câmara caxiense

Daiane decidiu não se licenciar do cargo de vereadora
Depois do anúncio da gravidez da vereadora Daiane Mello (PMDB), vários planos passaram a ser mirabolados pelos caciques do PMDB. Daiane ocupa a vaga de Felipe Gremelmaier no legislativo e juntamente com Denise Pessoa (PT), forma a bancada feminina da Câmara de Vereadores composta por apenas duas mulheres.

Com o nascimento da filha Yasmin e o anúncio de que a vereadora iria gozar de apenas 15 dias de licença, a direção do PMDB passou a pressionar Daiane para que se licenciasse durante todo o período a que tem direito (180 dias).

Como se essa pressão, travestida de conselho solidário, fosse realmente pensando no bem estar da colega de partido.

Se Daiane realmente se licenciasse por um período mais longo, quem assumiria na suplência seria Alaor de Oliveira, hoje resignado a um cargo em comissão sem muito destaque no Samae.

Não é de hoje que os homens se aproveitam do papel de cuidado dos filhos atribuídos à mulher. Esse foi um bom exemplo do quanto as mulheres são renegadas e condicionadas ao espaço privado da sociedade enquanto os homens ocupam os espaços públicos e de poder. Afinal, as mulheres são "A Rainha do Lar". Enquanto os homens se utilizam de toda a sua astúcia, sede de poder e práticas machistas para reinar no mundo todo.

Damos os parabéns à vereadora Daiane Mello por sua decisão publicada hoje de continuar no cargo de vereadora e de não abdicar de seus anseios políticos. Afinal, nem todas as mães tem a possibilidade de conciliar a maternidade recente com seu trabalho.

Um comentário:

  1. ISTO SÓ PROVA QUE DAIANE É MELLO, FAMÍLIA QUE NUNCA VIROU AS COSTAS AOS COMPROMISSOS ASSUMIDOS, PARABÉNS A VEREADORA......

    ResponderExcluir

Somos responsáveis, mesmo que indiretamente, pelo conteúdo dos comentários. Portanto textos que contenham ofensas, palavrões ou acusações (sem o fornecimento de provas) serão removidos. Se quiser falar algo que necessite de anonimato use o email polentanews@gmail.com